UOL Entretenimento Cinema
 
11/03/2010 - 15h10

Ralph Fiennes estreia na direção com tragédia de Shakespeare

  • Ralph Fiennes participa de entrevista em Belgrado para falar sobre seu novo filme ''Coriolanus''

    Ralph Fiennes participa de entrevista em Belgrado para falar sobre seu novo filme ''Coriolanus''

BELGRADO (Reuters Life!) - Depois de passar dois anos para conseguir financiamento em meio à crise financeira global, o ator Ralph Fiennes vai começar na semana que vem a filmar na Sérvia seu primeiro trabalho como diretor, uma tragédia de Shakespeare.

As filmagens de "Coriolanus" vão começar em Belgrado em 17 de março. Será o filme mais importante rodado no país em décadas, e a previsão é que as filmagens durem dois meses, disse o ator britânico em entrevista na quarta-feira.

Além de dirigir, Fiennes fará o papel principal, do general romano Coriolano, que trai sua cidade e seus aliados, unindo-se a seu inimigo Tullus Aufidius para vingar-se de Roma.

"Em suas peças, Shakespeare sempre estuda como a sociedade funciona. Ele sempre examina a falibilidade dos líderes", disse Fiennes em Belgrado, que ainda está emergindo de seu isolamento decorrente da guerra e liderança nacionalista dos anos 1990.

"Enxergamos a necessidade de uma liderança forte, mas também vemos como o fator humano pode corromper a liderança."

Fiennes, que foi indicado ao Oscar por seus papéis em "O Paciente Inglês" e "A Lista de Schindler", disse que escolheu filmar em Belgrado, em vez de outros locais mais conhecidos na Europa oriental, "porque Belgrado possui um ambiente que eu gosto e ao qual reajo."

"Há história nas pedras da cidade, e eu precisava do peso de uma capital", disse.

Fiennes visitou Belgrado pela primeira vez em 2007, quando formou uma parceria com uma produtora local. Ele levou dois anos para conseguir o financiamento, descrito pelo produtor Colin Vaines como "um orçamento médio para um filme europeu".

Fiennes contou que seu projeto sentiu o aperto da crise econômica: "No ano passado eu pensei que tinha o financiamento, mas o dinheiro foi cancelado. Tem sido um desafio."

A maior parte das filmagens será feita no edifício do Parlamento sérvio e outros lugares em Belgrado, que inclui ambientes da era romana antiga, construções medievais sérvias e outras destruídas pelos aviões da Otan durante o bombardeio da então Iugoslávia em 1999.

Fiennes vai dirigir um roteiro de John Logan, que também trabalhou em "Gladiador", "O Aviador" e "O Último Samurai".

O ator disse que ele e Logan quiseram representar a obra de Shakespeare, escrita 400 anos atrás, usando o texto original em um ambiente urbano moderno.

" 'Coriolano', como peça, é considerada difícil. É um texto muito denso", disse Fiennes à Reuters.

"Tivemos que editar muito, e, como costuma ser o caso com adaptações de Shakespeare, é preciso abrir mão de boa parte do texto. Mas as linhas narrativas de 'Coriolano' são muito densas."

Gerard Butler, que atuou em "O Fantasma da Ópera", será Aufidius, e outros membros do elenco de grandes nomes incluem Brian Cox e Vanessa Redgrave, que faz a dominadora mãe de Coriolano, Volumnia.

Fiennes disse que o fato de ter representado o mago malévolo lorde Voldemort nos filmes "Harry Potter" dificultou a escolha de crianças para o elenco, já que alguns atores mirins tiveram medo de encontrar-se com ele.

Compartilhe:

    Siga UOL Cinema

    Sites e Revistas

    Arquivo

    Hospedagem: UOL Host