PUBLICIDADE
Topo

Cumberbatch fala sobre vilões de "O Hobbit": "Um deles é um dragão"

"Eu literalmente estava me jogando para todos os lados e rolando no tapete", contou Cuberbatch sobre a captura de movimentos do dragão Smaug - Reprodução
"Eu literalmente estava me jogando para todos os lados e rolando no tapete", contou Cuberbatch sobre a captura de movimentos do dragão Smaug Imagem: Reprodução

Natalia Engler

Do UOL, em San Diego (EUA)

26/07/2014 16h04

O painel de "O Hobbit: A Batalha dos Cinco Exércitos" começou com um pouco de nostalgia: foi mostrado um vídeo com cenas de todos os filmes feitos por Peter Jackson no universo de J.K.K. Tolkien, junto com erros de gravação e cenas de bastidores.

Como se não fosse bastante, o protagonista da trilogia "O Senhor dos Anéis" se juntou ao elenco da nova trilogia no palco:  Elijah Wood sentou-se ao lado de Cate Blanchett, Orlando Bloom, Benedict Cumberbatch, Andy Serkis, Evangeline Lilly, Luke Evans, Grahan McTavis e Lee Pace para falar de uma jornada de quase 20 anos.

Chegando ao fim desse percurso, Jackson relembrou como ele começou: "Nunca imaginei que isso se tornaria uma parte tão essencial da minha vida. Quando ofereci o projeto em 1995, a ideia era fazer um filme de "O Hobbit" e depois, se desse certo, dois "O Senhor dos Anéis". Mas você nunca sabe o que vai acontecer".

Um dos atores mais amados da franquia, apesar de não ter seu rosto na tela, Andy Serkis, o Gollum, relembrou a revolução que trabalhar com Jackson promoveu em sua vida.

"Quando Peter me chamou, não sabíamos como iria funcionar, só que eu estaria no set, realmente interpretando. Tivemos que desenvolver juntos. E realmente mudou minha vida completamente. Quando 'O Retorno do Rei' acabou, achei que ia voltar a interpretar papéis normais. Mas dai Peter me chamou para 'King Kong' e pensei nas possibilidade daquilo -eu podia interpretar qualquer tipo de personagem, em qualquer situação, e aquilo me pareceu incrível".

Sobre o processo de captura de performance, Serkis afirmou que não há tanto mistério. "As pessoas acham que há todo um mistério em fazer captura de performance, mas tudo que você precisa são só os olhos de um grande ator para os quais possa olhar".

Um deles é um dragão

Interpretando dois vilões sem também mostrar o rosto, Benedict Cumberbatch  comentou sobre a diferença entre ser Smaug e Sauron: "Um é um dragão e outro é um ser não corpóreo. É sério, faz muita diferença", disse.

E, para explicar, o ator falou da experiência de captura de movimentos para o dragão. "É incrível o que esses caras fizeram. Você está lá, tem a atuação corporalizada, e depois eles pegam aquilo e transformam nas cenas. Eu literalmente estava me jogando para todos os lados e rolando no tapete".

Fã de Tolkien

Uma das adições mais recentes da saga, Evangeline Lilly se mostrou uma grande fã de Tolkien. "Eu amei tanto ler "O Senhor dos Anéis" quando era jovem que quando cheguei nas ultimas 25 páginas de 'O Retorno do Rei', disse que iria parar de ler porque a história precisava continuar. E nunca li aquelas páginas".

O diretor Peter Jackson também mostrou um teaser trailer do novo filme, "A Batalha dos Cinco Exércitos", com os personagens se preparando para uma última batalha, e também mostra a volta de Cate Blanchett como Galadriel, dando um beijo na testa de Gandalf (Ian McKellen).

"É uma relação de entendimento muito bonita entre os dois", comentou Blanchett.

Luke Evans, o Bard, contou que sua habilidades com o arco são reais. "Eu aprendi a atirar com arco quando era jovem e ia a resorts com a minha família. Quando cheguei lá com aqueles arcos enormes, fiquei preocupado. Mas consegui, dei conta!".

Sem desapontar os fãs, Cumberbatch e Serkis deram até amostras de suas vozes como o dragão Smaug e o Gollum.

Jackson também revelou que existe interesse em lançar uma versão com mais cenas extras de "O Senhor dos Anéis" e que estão preparando um museu na Nova Zelândia para abrigar os cenários e figurinos de toda a saga da Terra Média.

Promoção para os fãs

Peter Jackson anunciou uma promoção para levar 75 fãs para uma primeira exibição de "O Hobbit: A Batalha dos Cinco Reinos" em novembro na Nova Zelândia - país que serve de cenário para os filmes da saga.

Dois fãs norte-americanos (um do Texas e outro da Califórnia) já foram escolhidos entre o público presente na Comic-Con 2014.