Cinema

"Cinderela" faz boa estreia nos EUA e pode ultrapassar "Malévola"

Do UOL, em São Paulo

"Cinderela" fez ótima estreia nos cinemas americanos nesta sexta-feira. A versão em live-action da Disney já arrecadou US$ 23 milhões apenas na sexta-feira (13) e a previsão é que o filme chegue a US$ 70 milhões neste fim de semana nos Estados Unidos.

O longa superou a estreia de "Noite Sem Fim", estrelado por Liam Neeson, com previsão de US$ 11 milhões para o fim de semana.

"Cinderella" estreou um pouco à frente do último conto de fadas do estúdio, "Malévola", que, impulsionado pelo nome de Angelina Jolie no papel principal, arrecadou US$ 69 milhões em seu fim de semana de estreia, em maio de 2014.

Além de ter recebido boas críticas, o filme provavelmente foi beneficiado pela exibição do curta “Frozen Fever”, derivado do maior sucesso da Disney, “Frozen – Uma Aventura Congelante”, com sete minutos de duração.

Dirigido por Kenneth Branagh, "Cinderella" segue a trilha de outras refilmagens da Disney bem sucedidas, como “Alice no País das Maravilhas", em 2010, e "Oz, Mágico e Poderoso", de 2013. "Alice" bateu recorde ao somar US$ 116 milhões no primeiro fim de semana, enquanto “Oz” estreou com US$ 79 milhões. A Disney prepara mais um produto em live-action, “A Bela e a Fera”, com Emma Watson.

O novo filme de Will Smith com Rodrigo Santoro, “Golpe Duplo”, batalhou duro para o terceiro lugar com “Kingsman”, com Colin Firth.

Assista a trailer de Cinderela

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.title}}

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 
Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Topo