Cinema

Filme com Ingrid Guimarães é 2º mais visto em 2015 no país, após "50 Tons"

Do UOL, em São Paulo

A comédia "Loucas Pra Casar", com Ingrid Guimarães, Tatá Werneck, Suzana Pires e Márcio Garcia, detém a marca de maior bilheteria e público entre os filmes brasileiros exibidos no primeiro trimestre de 2015 e de segundo maior público e terceira maior bilheteria quando incluídas as produções estrangeiras, aponta um balanço da Ancine (Agência Nacional do Cinema) divulgado nesta quarta-feira (6).

Ao todo, o longa de Roberto Santucci foi responsável por atrair 66% do público de filmes brasileiros nos três primeiros meses do ano. Lançado no dia 8 de janeiro, "Loucas Pra Casar" levou mais de 3,7 milhões de pessoas a 604 salas do país, revela o Informe de Acompanhamento de Mercado de Salas de Exibição da Ancine.

Para se ter uma ideia, todas as produções nacionais juntas somaram 5,6 milhões de espectadores entre 1º de janeiro e 1º de abril. Quando incluídos os longas estrangeiros, a comédia de Ingrid Guimarães levou 8,5% de todo o público do trimestre às salas de cinema.

A arrecadação total de “Loucas Pra Casar” foi de R$ 45,6 milhões, atrás de "Cinquenta Tons de Cinza" (R$ 87,3 milhões) e "Bob Esponja: Um Herói Fora d'Água" (quase R$ 48 milhões).

A primeira posição disparada de bilheteria e público no primeiro trimestre no Brasil, segundo a Ancine, é ocupada por "Cinquenta Tons de Cinza", com 6,6 milhões de espectadores e exibição em 1.087 salas na data de lançamento (12 de fevereiro).

Na história de “Loucas Pra Casar”, Malu (Ingrid Guimarães) é uma mulher de 40 anos que trabalha como secretária de Samuel (Márcio Garcia), o homem de sua vida. Apesar de o casal namorar há três anos, o pedido de casamento não chega. Certo dia, Malu percebe que faltam algumas camisinhas no estoque do namorado, e logo deduz que ele tem uma amante. Após contratar um detetive particular, ela descobre outras duas mulheres na vida de Samuel: a dançarina de boate Lúcia (Suzana Pires) e a fanática religiosa Maria (Tatá Werneck). As três, então, vão disputar a preferência do amado.

Outro filme nacional que aparece na lista das 20 maiores bilheterias do primeiro trimestre de 2015, em 12º lugar, é “Os Caras de Pau em o Misterioso Roubo do Anel”, com Leandro Hassum e Marcius Melhem no elenco.

Ainda de acordo com o balanço da Ancine, as produções brasileiras tiveram uma participação de público de 12,8% entre todos os longas exibidos.

Das dez maiores bilheterias dos três primeiros meses, nove são norte-americanas, sete são obras de ficção e três são animações ("Bob Esponja: Um Herói Fora d'Água", "Os Pinguins de Madagascar" e "Operação Big Hero"), e quatro filmes foram distribuídos pela Fox.

Alta de público e renda

O informe da Ancine revela, ainda, que o mercado audiovisual brasileiro registrou um aumento de público e renda no primeiro trimestre de 2015, na comparação com o mesmo período do ano passado.

A arrecadação total do setor entre os dias 1° de janeiro e 1° de abril foi de R$ 568 milhões, alta de 23,2% em relação a 2014.

Já o público presente nas salas de cinema do país subiu 18,1% nas 13 primeiras semanas do ano – intervalo contabilizado no balanço. Em números absolutos, o mercado audiovisual brasileiro recebeu 43,4 milhões de espectadores nos três primeiros meses de 2015.

De acordo com a Ancine, o público deste primeiro trimestre está em um patamar bastante acima da média dos últimos anos. Entre 2009 e 2014, a média de espectadores nos três primeiros meses foi de 33 milhões – o que representa um acréscimo de 31,5% em 2015.

Ainda segundo o relatório, esse crescimento foi potencializado pelo bom desempenho de filmes estrangeiros (como “Cinquenta Tons de Cinza”, “Bob Esponja: Um Herói Fora d'Água” e “Os Pinguins de Madagascar”, todos com mais de 3 milhões de espectadores no país).

Só neste primeiro trimestre, na comparação com o mesmo período de 2014, as produções do exterior apresentaram uma alta de 28,5% no público. Além disso, os três primeiros meses de 2015 tiveram a maior quantidade de bilhetes vendidos em um primeiro trimestre desde 2009, revela a Ancine.

Novas salas e digitalização

O balanço trimestral da agência indica também uma ampliação no número de salas de exibição em todo o país. Até o fim do primeiro trimestre, estavam em funcionamento 2.870 salas de cinema. Sete complexos com 22 salas foram inaugurados, três complexos com 16 salas foram reabertos, e um complexo já existente ganhou mais três salas (todos os 11 complexos já têm projeção digital e pelo menos uma sala com projeção 3D cada).

Por região, o Sudeste registrou a maior quantidade de salas colocadas em funcionamento no primeiro trimestre, com 25 ao todo. Em seguida, vem o Nordeste, com 11 novas salas de exibição; e o Norte, com cinco. As demais regiões não tiveram crescimento.

Em todo o Brasil, nos três primeiros meses de 2015, sete salas de cinema foram fechadas e duas entraram em reforma nos estados do Pará, de São Paulo e da Bahia.

Já as salas digitalizadas chegam a 2.128, ou 74,1% do total em funcionamento. Dos 20 maiores grupos exibidores do país, sete já estão com 100% de seus espaços convertidos para a nova tecnologia.

As 10 maiores bilheterias do 1º trimestre de 2015 no Brasil

1 - "Cinquenta Tons de Cinza"
(País: EUA Lançamento: 12/2/2015 Salas no lançamento: 1.087 Público: 6.654.799 pessoas Renda: R$ 87.367.997,48)

2 - "Loucas pra Casar"
(País: Brasil Lançamento: 8/1/2015 Salas no lançamento: 604 Público: 3.722.461 pessoas Renda: R$ 45.634.977,35)

3 - "Bob Esponja: Um Herói Fora d'Água"
(País: EUA Lançamento: 5/2/2015 Salas no lançamento: 818 Público: 3.688.648 pessoas Renda: R$ 47.959.431)

4 - "Os Pinguins de Madagascar"
(País: EUA Lançamento: 15/1/2015 Salas no lançamento: 911 Público: 3.122.158 pessoas Renda: R$ 40.399.357)

5 - "Uma Noite no Museu 3: O Segredo da Tumba"
(País: EUA Lançamento: 1/1/2015 Salas no lançamento: 610 Público: 2.706.891 pessoas Renda: R$ R$ 30.903.868)

6 - "Êxodo: Deuses e Reis"
(País: EUA Lançamento: 25/12/2014 Salas no lançamento: 901 Público em 2015: 2.611.301 pessoas Renda em 2015: R$ 39.239.895)

7 - "A Série Divergente - Insurgente"
(País: EUA Lançamento: 19/3/2015 Salas no lançamento: 1.113 Público: 1.838.435 pessoas Renda: R$ 26.113.617,92)

8 - "Operação Big Hero"
(País: EUA Lançamento: 25/12/2014 Salas no lançamento: 959 Público em 2015: 1.593.921 pessoas Renda em 2015: R$ 20.041.370)

9 - "Busca Implacável 3"
(País: EUA Lançamento: 22/1/2015 Salas no lançamento: 411 Público: 1.480.293 pessoas Renda: R$ 19.127.455)

10 - "Cinderela"
(País: EUA Lançamento: 26/3/2015 Salas no lançamento: 930 Público: 1.333.171 pessoas Renda: R$ 15.608.929)

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.title}}

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 
Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Topo