PUBLICIDADE
Topo

Mark Hamill se arrepende por críticas feitas a "Os Últimos Jedi"

Luka Skywalker (Mark Hamill) em cena de "Star Wars: Os Últimos Jedi" - Reprodução
Luka Skywalker (Mark Hamill) em cena de "Star Wars: Os Últimos Jedi" Imagem: Reprodução

Do UOL, em São Paulo

26/12/2017 22h45

Mark Hamill usou as redes sociais para afirmar que está arrependido pelas críticas que fez ao filme "Star Wars: Os Últimos Jedi" e ao diretor Rian Johnson.

"Me arrependo de levantar minhas dúvidas e inseguranças em público. Diferenças criativas são um elemento em comum em projetos, mas normalmente ficam no particular. Tudo o que eu queria era fazer um bom filme. E tive mais do que isso. Rian Johnson fez um dos melhores de todos os tempos", disse o intérprete de Luke Skywalker.

Na última semana, o ator afirmou que não concordou totalmente com o roteiro de "Star Wars: Os Últimos Jedi", no qual o personagem de Luke Skywalker apresenta, segundo ele, uma postura diferente da que foi mostrada na trilogia original da saga.

"Não é o meu Luke Skywalker. Eu disse a Rian (Johnson, diretor do filme) que os Jedi não desistem. Mesmo que ele tivesse um problema, poderia demorar um ano para se recompor", afirmou o ator em entrevista de divulgação do filme.

De acordo com Hammil, embora o personagem não tenha agido como nos filmes anteriores, a mudança de comportamento precisou ocorrer para Johnson desenvolver a história da nova trilogia.

"Não é mais a minha história, é a história de outra pessoa e Rian precisava de mim dessa maneira para que o final fosse efetivo. Esta é a nova geração de 'Star Wars', então quase tive que pensar em Luke como se fosse outro personagem. Talvez seja Jake Skywalker", argumentou.

Apesar de tudo, o ator aceitou o novo personagem de Luke e preferiu diminuir a importância de suas palavras sobre "Os Últimos Jedi". "É só um filme e espero que as pessoas gostem. Espero que não se sintam decepcionados e realmente acho que Rian era o homem adequado para este trabalho", analisou.

Já na semana de lançamento do filme, Hamill falou com o site "IMBD" sobre o retorno do icônico personagem. "Luke diz que está na hora dos jedi acabarem. Que? O que aconteceu com esse cara que de tão otimista virou um velho tão amargo?".

O ator completou na ocasião: "Eu acho que sair da zona de conforto é uma coisa positiva. Porque se eu fosse mais um jedi benevolente... já vimos isso, ninguém consegue ser melhor que Alec Guinness [Obi-Wan Kenobi em 'Uma Nova Esperança']. Não é o Luke da trilogia antiga, é o Luke de uma nova geração".