Filmes e séries

Gravar em navio é única ousadia de "Meu Passado me Condena: O Filme"

Rodrigo Zavala

Do Cineweb*

24/10/2013 15h02

Se não há novidade na origem da comédia "Meu Passado me Condena - O Filme", estrelada por Fábio Porchat --baseada na série homônima do canal a cabo Multishow--, pelo menos as locações foram originais. O filme foi realizado praticamente dentro de um navio, com passageiros e tripulação reais e velocidade de edição quase instantânea.

Essa opção representou um trabalho hercúleo para a produtora Mariza Leão, responsável por filmes como "Vendo ou Alugo" e "De Pernas para o Ar 2". Afinal, juntamente com Tati Bernardi (roteiro) e Julia Rezende, sua filha (direção), ambas da série, filmou-se toda a saga do casal Fábio (Porchat) e Miá (Miá Mello) em pouco mais de 20 dias. Pior: sabendo que não poderiam voltar a gravar, caso ocorresse algum problema.

Na história, a recém-casada dupla de comediantes (como usam seus nomes reais, é fácil juntar persona e personagem) parte para um cruzeiro que chegará à Itália, sonho de Miá. Porém, o relacionamento será colocado à prova, graças ao acaso e ao plano mirabolante forjado pela dupla Suzana (Inez Viana) e Wilson (Marcelo Valle), tripulantes do navio, que veem no casal uma possibilidade de ganhar um dinheiro extra.

Durante a viagem, Miá reencontra um antigo namorado, Beto (Alejandro Claveaux), que agora é um bem-sucedido empresário. Rico, famoso e bonito, em contraste com o avarento Fábio, Beto quer Miá de volta, a despeito de seu casamento com Laura (Juliana Didone). Por sua vez, Laura é a paixão de infância de Fábio, que vê nele a possibilidade de escapar de um casamento fracassado.

Com um roteiro que estimulou a improvisação dos protagonistas, a comédia romântica contou também com a sorte para ser realizada. Segundo a produtora Mariza Leão, toda a história e seu financiamento foram levantados a partir da ideia de filmar em um navio, disponibilizado por um produtor associado. Quando descobriram que a embarcação não estaria mais disponível, correram para as empresas do ramo para conseguir concluir o projeto.

Como não havia maneira de dispor de um cruzeiro para as filmagens, a solução foi realizar o filme durante uma viagem convencional, incluindo os passageiros e tripulação como coadjuvantes voluntários. Um trabalho extenuante, já que a equipe não podia mexer na programação original do percurso.

Com participação especial de Elke Maravilha e Rafael Queiroga, "Meu Passado me Condena" sofreu com as limitações impostas pela empreitada. Entre elas, uma edição quase simultânea às filmagens, inviabilizando novas tomadas, e o ruído do entorno, que obrigou a dublagem de várias cenas pelos próprios atores (cerca de 10 por cento, mas que na tela parecem muito mais).

O resultado é irregular, mas obviamente vale-se do timing cômico dos protagonistas como forma de compensação. Em especial de Porchat, que faz seu próprio estilo de comédia, reconhecido no projeto "Porta dos Fundos", shows stand up e em séries de TV. A questão a ver, aí, é justamente essa atuação constante e unidimensional do ator em todas essas produções. E colar ator à personagem, como faz esta produção, não contribui nada para fazer qualquer diferenciação.

* As opiniões expressas são responsabilidade do Cineweb

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.title}}

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Estadão Conteúdo
do UOL
UOL Cinema - Imagens
do UOL
UOL Cinema - Imagens
redetv
redetv
do UOL
AFP
do UOL
do UOL
Reuters
Reuters
do UOL
UOL Cinema - Imagens
do UOL
do UOL
redetv
do UOL
EFE
do UOL
do UOL
do UOL
Cinebiografia a caminho
Reuters
UOL Entretenimento
do UOL
do UOL
UOL Entretenimento
do UOL
do UOL
do UOL
Chico Barney
Roberto Sadovski
redetv
redetv
do UOL
EFE
EFE
do UOL
do UOL
Cinema
do UOL
do UOL
do UOL
Reuters
do UOL
do UOL
EFE
EFE
Colunas - Flavio Ricco
Topo