Topo

Globo de Ouro

As 10 histórias mais incríveis do Globo de Ouro 2018

Getty Images
Rachel Brosnahan posa com seu Globo de Ouro de melhor atriz de série de comédia ou musical por "The Marvelous Mrs. Maisel" Imagem: Getty Images

Do UOL, em São Paulo

08/01/2018 03h32

O Globo de Ouro 2018 consagrou na noite deste domingo "Três Anúncios para um Crime" e "Lady Bird - A Hora de Voar" como os melhores filmes da temporada (em drama e comédia ou musical, respectivamente). Nas séries, a grande vencedora foi "Big Little Lies". Mas a cerimônia não foi feita só de prêmios.

Veja 10 histórias incríveis que aconteceram na festa em Los Angeles.

  • A palavra de ordem

    Basta de assédio. Atrizes, atores, diretores e produtores e outros grandes nomes da indústria escolheram ir à cerimônia de preto para passar uma mensagem e divulgar o projeto Time's Up, iniciativa surgida em Hollywood para dar apoio a mulheres vítimas de assédio e abuso. E nomes como Meryl Streep e Emma Watson optaram por ir à cerimônia acompanhadas de ativistas que lutam pelos direitos das mulheres. Leia mais

  • A diferentona

    Praticamente todas as atrizes usaram preto em protesto contra o assédio sexual em Hollywood. Menos Blanca Blanco, que causou com um decotadíssimo vestido vermelho. No Oscar, ela já havia sido notícia por usar um vestido que mostrou demais em sua passagem pelo tapete vermelho. Leia mais

  • A emoção

    O discurso mais bonito e emocionante da noite coube a Oprah Winfrey. Homenageda com o prêmio Cecil B. DeMille, a apresentadora e atriz lembrou as mulheres anônimas que, como sua mãe, suportaram caladas muitos abusos. "O tempo dos abusadores acabou", decretou, sendo aplaudida de pé pelos colegas. Leia mais

  • O centenário

    Um dos momentos mais emocionantes da noite foi a aparição do ator Kirk Douglas, de 101 anos. Em uma cadeira de rodas e com dificuldade de comunicação, ele foi ovacionado pelo público ao subir ao palco ao lado da nora, a atriz Catherine Zeta-Jones. Leia mais

  • Os encontros

    27 anos após protagonizarem o clássico "Thelma & Louise", Geena Davis e Susan Sarandon dividiram o palco na cerimônia do Globo de Ouro. O encontro causou comoção nas redes sociais. Um outro casal querido também foi flagrado junto: Shailene Woodley e Ansel Hegort, de "A Culpa é das Estrelas". Leia mais

  • A desligada

    Mariah Carey revelou no Twitter que em determinada parte da festa sentou no lugar de Meryl Streep. Mas quem pensa que a atriz ficou brava se enganou. Meryl deu uma resposta fofíssima para a cantora: "Você pode pegar o meu lugar a qualquer hora". Leia mais

  • O pioneirismo

    O ator Sterling K. Brown, de "This Is Us", entrou para a história neste domingo ao vencer o Globo de Ouro de melhor ator em série dramática: ele se tornou o primeiro negro a receber o prêmio da categoria. Leia mais

  • A esnobação

    Ainda não foi dessa vez que "Game of Thrones" levou para casa o Globo de Ouro de melhor série. Apesar de ter milhões de fãs, a guerra dos tronos só conquistou um único troféu em toda a história da premiação: para Peter Dinklage, como ator coadjuvante. Em 2018, a derrota foi para "The Handmaid's Tale". Leia mais

  • A redenção

    Se alguém pode se sentir redimido no Globo de Ouro, esse alguém é Tommy Wiseau. 15 anos depois de gastar milhões de dólares para filmar aquele que é considerado "o pior filme do mundo", ele foi convidado para subir ao palco logo após James Franco ganhar o prêmio de melhor ator de comédia ao interpretá-lo. Leia mais

  • O garçom

    Tom Hanks provou mais uma vez que é um boa-praça. Ele foi ao bar, pediu quatro martínis e levou os drinques para os seus companheiros de mesa, entre eles o diretor Steven Spielberg. A atitude do ator causou um burburinho no público que acompanhou o Globo de Ouro. Leia mais