PUBLICIDADE
Topo

Especial da Netflix e lançamento de filme com Louis C.K. são cancelados

Louis C.K. está sofrendo as consequências após ser acusado de assédio - Getty Images
Louis C.K. está sofrendo as consequências após ser acusado de assédio Imagem: Getty Images

Do UOL, em São Paulo

10/11/2017 15h00

Louis C.K. levou novos golpes profissionais nesta sexta-feira (10), um dia após ser acusado de assédio sexual por cinco mulheres: a Netflix cancelou um especial que faria com o humorista, e seu novo filme não será mais lançado.

Veja mais

A plataforma de streaming anunciou o cancelamento ao TMZ: “As acusações feitas por várias mulheres de Nova York são perturbadoras. O comportamento inadequado e não profissional de Louis com colegas mulheres nos levou a decicir não produzir o segundo especial que havia sido planejado”.

A Netflix havia feito um acordo com o humorista que previa a produção de dois especiais de stand-up, sendo que primeiro estreou em abril.

Já o novo filme de C.K., “I Love You, Daddy”, teve sua estreia totalmente cancelada. A produção deveria ser lançada na próxima semana.

A HBO também já se manifestou contra o humorista e afirmou que irá remover todas as produções feitas com ele de sua plataforma on-demand. 

As acusações

Horas depois de anunciar o cancelamento da festa de pré-estreia de seu novo filme, o comediante Louis C.K foi acusado de assédio sexual por cinco mulheres em uma reportagem publicada pelo jornal "The New York Times".

Entre elas estão as comediantes Dana Min Goodman e Julia Wolov, que relatam terem sido convidadas a ir ao quarto do comediante durante um evento em 2002. Ao chegar lá, ele teria ficado nu e começado a se masturbar na frente delas.

Segundo Rebecca Corry, em 2015, na gravação de um programa, ele perguntou se podia se masturbar na frente dela. A comediante disse ter recusado a oferta argumentando que a mulher dele tinha uma filha. "Ele ficou envergonhado e disse que tinha problemas."

Comediante, roteirista, diretor, ator e produtor, Louis C.K, é um dos mais proeminentes nomes da comédia americana da atualidade, adepto do humor negro e do chamado politicamente incorreto.

Oriundo da cena do stand-up, ele ganhou vários prêmios de destaque, incluindo um Emmy ("The Chris Rock Show), um Grammy (pelo álbum de humor "Hilarious") e cinco "American Comedy Awards", considerado o Oscar da comédia.