Cinema

Ativistas de Femen fazem topless na apresentação de documentário em Veneza

Veneza (Itália)

As protagonistas do documentário "Ukraine is not a brothel" (A Ucrânia não é um bordel) e ativistas do movimento Femen posaram nesta quarta-feira (4) de topless perante os fotógrafos que cobrem o Festival de Veneza, onde foi apresentado o trabalho de Kitty Green, fora da competição.

Após participar da rodada de apresentações do documentário, a equipe artística do filme posou de topless - a forma de protesto habitual do Femen - junto à produtora, que permaneceu vestida.

Sobre seus seios, as pessoas envolvidas mostraram palavras de ordem como "A Ucrânia não é um bordel", "Guerra desnuda" e "As Mulheres ainda estão aqui".

Inna Shevchenko e Sasha Shevchenko são duas ativistas que aparecem no documentário sobre o Femen, um movimento que se estendeu pelo mundo e que obrigou que as ativistas saíssem da Ucrânia por conta das ameaças recebidas.

"Foi necessário porque os políticos e os serviços secretos ucranianos estavam nos atacando duramente. Agora temos o quartel- general em Paris e temos outras dez sedes no mundo todo", explicou Inna Shevchenko.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.title}}

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 
Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Topo