Filmes e séries

Conheça oito curiosidades sobre a exposição de 75 anos do Batman

James Cimino

Do UOL, em Burbank (EUA)

29/08/2014 08h15

Neste ano, o super-herói Batman completa 75 anos de idade com uma exposição nos estúdios da Warner Brothers, na Califórnia, que reúne figurinos, objetos de cena de todos os filmes da saga e vários veículos usados na série que começou em 1989 sob direção de Tim Burton.

Mas o que está por trás das criações inesquecíveis como a Mulher Gato de Michelle Pfeiffer ou os Coringas de Heath Ledger e Jack Nicholson? Quem foi o melhor Batman? Onde estava esse material todo? A reportagem do UOL participou da Warner Bros. VIP Studio Tour, uma visita guiada pelos estúdios que tem os brasileiros como seu quarto maior público, para saber um pouco mais sobre os sete filmes que tiveram o homem-morcego como protagonista. Durante o passeio, entrevistou um dos organizadores da exposição, o guia Brad Taylor, um especialista em Batman que revelou a origem do material.

"Pegamos dos arquivos da Warner Brothers e algumas coisas da DC Comics e selecionamos o que era essencial em cada filme. Do primeiro 'Batman' original tem muito pouca coisa, porque ainda não havia o arquivo, e o látex das máscaras, por exemplo, se deteriora fácil. A partir de 'Batman: o Retorno' começou a catalogação do material dos filmes da Warner. O pessoal do arquivo tem um trabalho muito importante, que é visitar os sets dos filmes e avaliar com quais objetos de cena o público vai se conectar."

Sobre as peças que os visitantes mais apreciam na exposição, Taylor diz que depende de qual "Batman" você cresceu assistindo. "As pessoas gostam muito do material tirado da trilogia do Christopher Nolan porque ela é mais recente. Mas isso depende muito do 'Batman' da sua geração. Os brasileiros são muito fãs do Nolan, não apenas por 'Batman', mas também por 'A Origem'."

A melhor parte da conversa com Taylor foram as curiosidades de bastidores das produções. Dentre elas, oito se destacam:

Divulgação
"Cada filme teve em média 30 figurinos só do Batman. Alguns são doados para caridade, outros vão para os atores que interpretam os personagens, mas somos bons em replicar os figurinos aqui. Christian Bale tem uma cópia em casa. Se ele usa? Não sei..." Imagem: Divulgação

Divulgação
"Michelle Pfeiffer cresceu assistindo à série de TV dos anos 1960 e amava a Mulher Gato feita por Julie Newmar. Quando a selecionaram para o papel, quis fazer justiça a ele. Então dedicou muito tempo ao treino com o chicote para essa personagem, tornando-se tão boa a ponto de ter feito algumas sequências em apenas uma tomada, sem repetir. Para esse figurino que ela usa, superapertado, foram feitas 60 cópias, cada uma custando cerca de US$ 8.000. E para as filmagens espirravam látex líquido na roupa para que ele brilhasse." Imagem: Divulgação

Emerson Rodrigues/UOL
"O Coringa do Jack Nicholson, ele só aceitou fazer se ganhasse uma porcentagem da venda de brinquedos inspirados no personagem. Então, depois do filme, estima-se que ele tenha faturado por baixo uns US$ 75 milhões só de merchandising. Ele foi muito esperto de ter colocado essa cláusula em seu contrato." Imagem: Emerson Rodrigues/UOL

Stephen Vaughan/ Warner Bros. Pictures/AP
"O Coringa do Heath Ledger foi fruto de um estudo que o ator fez acerca de vários cantores de rock dos anos 1970. Ele também ajudou muito na composição do figurino. Mas se você quer ficar realmente impressionado, vá ao Youtube e digite 'Tom Waits joker interview'. É exatamente a performance do Heath Ledger. As mesmas palavras, os mesmo maneirismos. Se ele copiou ou não, não importa, mas ele criou um Hannibal Lecter moderno: imprevisível e desprovido de racionalidade. O interessante é que o Coringa do Jack Nicholson também é bem assustador, mas o do Ledger jamais caberia em um filme do Tim Burton. É muito realista." Imagem: Stephen Vaughan/ Warner Bros. Pictures/AP

Reuters
"Uma Thurman é uma unanimidade quando se trata do filme "Batman & Robin". Isso porque ela segue um pouco o legado da Michelle Pfeiffer, mas com um toque de Mae West, além de saber usar muito bem sua sexualidade. O que fez ela se destacar neste filme foi o fato de que ela parece ser a única que encontrou o tom correto da personagem, a ponto de fazer a Hera Venenosa se tornar popular. Enquanto isso, os outros atores pareciam estar em outro filme." Imagem: Reuters

Mario Anzuoni/Reuters
"Danny DeVito veio à abertura dessa exposição, posou para fotos ao lado do manequim, imitou sua voz, foi bem assustador e engraçado. Ele tem um figurino desses em casa e diz que adora o personagem porque ainda hoje é reconhecido por sua interpretação, a ponto de as crianças ainda terem medo dele. Foi o personagem que exigiu mais maquiagem e próteses de todos. Levava 90 minutos para deixá-lo pronto. Passavam cola em seu rosto toda manhã." Imagem: Mario Anzuoni/Reuters

Associated Press
"Ninguém além de Jim Carrey - e de Robin Williams, que chegou a fazer teste para o papel - poderia ter feito o papel do Charada. Ele ajudou a fazer os figurinos e, assim como a Hera da Uma Thurman, esse personagem não era tão conhecido antes desta performance. E isso se deve em parte à atuação do Tommy Lee Jones como Duas Caras, que era um personagem mais sério e que deu o equilíbrio necessário à dupla." Imagem: Associated Press

Divulgação
"Val Kilmer foi o melhor Batman. Fisicamente ele incorporou bem o personagem, assim como ao Bruce Wayne. Aliás, a diferença dele para os outros é que eles são um Bruce Wayne que interpreta o Batman, enquanto Kilmer é Batman o tempo todo. E o que se conta é que ele se apropriou do personagem quando estava visitando uma caverna cheia de morcegos na África." Imagem: Divulgação

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.title}}

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

do UOL
do UOL
redetv
do UOL
EFE
do UOL
do UOL
do UOL
Cinebiografia a caminho
Reuters
UOL Entretenimento
do UOL
do UOL
UOL Entretenimento
do UOL
do UOL
do UOL
Chico Barney
Roberto Sadovski
redetv
redetv
do UOL
EFE
EFE
do UOL
do UOL
Cinema
do UOL
do UOL
do UOL
Reuters
do UOL
do UOL
EFE
EFE
Colunas - Flavio Ricco
Roberto Sadovski
redetv
UOL Cinema - Imagens
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
EFE
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Jogos
Reuters
do UOL
EFE
Topo