Filmes e séries

J.K. Simmons leva Oscar de ator coadjuvante por "Whiplash"

Do UOL, em São Paulo*

22/02/2015 22h42Atualizada em 23/02/2015 04h10

O ator J.K. Simmons, 60, levou o Oscar de melhor ator coadjuvante por sua atuação em "Whiplash", do cineasta Damien Chazelle.

No filme, ele interpreta Terence Fletcher, um rígido professor de conservatório que leva um novato aluno de bateria, Andrew (Miles Teller), a ultrapassar todas as barreiras físicas e psíquicas na busca pela perfeição técnica no instrumento.

No discurso, Simmons agradeceu à família, em especial à mulher, Michelle Schumacher. "Agradeço pelo seu amor, sacrifício, paciência. Você é extraordinária", discursou, após ser ovacionado pela plateia do Dolby Theatre. "Se você tem a chance de ter um pai e uma mãe, ligue para eles. Não mande mensagens de texto ou qualquer coisa do tipo."

Na entrevista coletiva após o prêmio, Simmons, bem-humorado, lembrou sua carreira em comerciais de TV. "Talvez mais gente tenha me visto hoje à noite do que nos comerciais que fiz, pela primeira vez. Porque sei que os comerciais foram vistos mais vezes que meus filmes. Isto [o Oscar] está sendo a cereja do bolo desta experiência extraordinária que vem sendo 'Whiplash'", disse ele, que ficou famoso em seriados.

Para blogueiros do Diva Depressão, prêmio de J.K. Simmons foi previsível

Ao ser perguntado sobre como lidou no passado com os tempos difíceis da carreira, o ator respondeu que “olha para trás com grande carinho”.

“Costumo dormir bastante nos tempos de vacas magras e não fico voando por todos os lugares como agora”, disse Simmons na sala de imprensa.

“Os tempos de vacas magras foram uma parte maravilhosa e linda da minha vida, fiquei batalhando por muito tempo, fiz teatro regional por todo o país e por não muito dinheiro, fazendo outros trampos no meio tempo. Eu não tinha filhos e não tinha responsabilidades além de me alimentar e ser um ser humano decente. E ficar melhor e melhor no que estava querendo fazer”, contou. Ele espera que ganhar o Oscar signifique "mais oportunidades".

Apontado como uma das “barbadas” da noite, Simmons concorreu com Robert Duvall (“O Juiz”), Ethan Hawke (“Boyhood”), Edward Norton (“Birdman”) e Mark Ruffalo (“Foxcatcher”). Pela atuação no longa, o ator já havia faturado o Globo de Ouro, o Bafta e o prêmio do sindicato dos atores.

É a primeira estatueta de Simmons, conhecido pela atuação em séries de TV como "Law & Order", "Oz" e "The Closer". Nos anos 2000, ele também esteve na saga "Homem-Aranha", do diretor Sam Raimi, interpretando o editor J. Jonah Jameson.

Em 2014, o Oscar de melhor ator coadjuvante ficou com Jared Leto, por "Clube de Compras Dallas".

A 87ª cerimônia do Oscar acontece na madrugada desta segunda (23) no Dolby Theatre, em Hollywood, Los Angeles.

* Com reportagem de Fernanda Ezabella, em Los Angeles

Blogueiros comentam o Oscar 2015
1 | 0

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

do UOL
UOL Cinema - Imagens
Cinema
do UOL
UOL Cinema - Imagens
Cinema
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
EFE
EFE
do UOL
Roberto Sadovski
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Entretenimento
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
EFE
EFE
do UOL
UOL Entretenimento
do UOL
do UOL
do UOL
EFE
UOL Entretenimento
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Entretenimento
do UOL
do UOL
AFP
Cinema
do UOL
do UOL
Cinema
BBC
do UOL
EFE
Cinema
Topo