Cinema

Jennifer Lawrence tem dia de "queridinha da América" e compara Oscar com Jogos Vorazes

Natalia Engler

Do UOL, em San Diego (EUA)

A aguardada sequência de "Jogos Vorazes", "Em Chamas", fez uma parada no Hall H da Comic-Con neste sábado (20) antes de seguir para o cinema em novembro deste ano. Com a participação da vencedora do Oscar de melhor atriz deste ano, Jennifer Lawrence, o painel também contou com a presença de Lenny Kravitz, Liam Hemsworth e Josh Hutcherson.

"Ela está se sentindo inútil", contou Jennifer sobre sua heroína, Katniss, que agora vive na vila dos vencedores e está dividida entre Peeta (Hutcherson) e Gale (Hemsworth).

Foi exibido um trailer em que, entre outras cenas, vemos rebeldes pichando muros e enfrentando a policia, Katniss beijando Gale, Gale sendo chicoteado e os participantes da versão especial dos Jogos Vorazes, composto por antigos vencedores.

Sobre a cena de tortura, Hemsworth brincou "É ótimo voltar ao trabalho e apanhar por dias. Mas sério, você pensa que é só um filme e que não vai machucar, mas depois de alguns dias, qualquer coisa que joguem em você vai doer."

Jennifer também comparou a experiência de ganhar o Oscar com o tour dos vitoriosos em "Jogos Vorazes". "As apostas não são tão altas, mas tem algumas similaridades. Eu tive que usar todos aqueles vestidos e não me sentia eu mesma."

O painel teve seu momento de humor quando Jennifer contou sobre uma cena em que tem que ressuscitar Hutcherson. "Era uma cena muito emocional e quando eu fui beijá-lo, meu nariz escorreu e aquilo ficou pendurado entre o meu nariz e a boca dele. E balançava quando eu tinha que soluçar", disse, rindo.

Questionada sobre como é alternar grandes produções e filmes independentes, Jennifer respondeu com a franqueza de sempre: "Eu provavelmente não deveria dizer isso, mas é o que sempre faço. Às vezes ter muito dinheiro é um problema, quando você não tem muito dinheiro, tem que fazer e terminar o filme. Filmes de estúdio são tão grandes! Mas a comida é melhor e os trailers são maiores", brincou.

Já o cantor Lenny Kravitz mostrou que a diferença de idade não o impediu de se enturmar com o resto do elenco. "No Havaí, quando acabavam as filmagens, íamos para os quartos um dos outros e ficávamos conversando e aproveitando a companhia. Era muito muito divertido", contou.

Ele também afirmou que a participação no filme ampliou seu público. "Crianças de sete anos vêm falar comigo. É todo um novo público para mim."

No fim do painel, a rodada de perguntas da plateia acabou se transformando em uma série de declarações de amor por Jennifer, que mostrou que, ao menos na Comic-Con, continua sendo a "queridinha da América".

 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.title}}

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 
Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Topo