Cinema

Veteranos da Mostra de SP dão dicas para aproveitar últimos dias do evento

Mariane Zendron

Do UOL, em São Paulo

A Mostra de São Paulo, que começou no dia 18 de outubro e trouxe a São Paulo mais de 370 filmes, entra na reta final, mas ainda há três dias de programação intensa pela frente. Com organização, empenho e tempo, é possível assistir até seis filmes por dia, mesmo sem ter adquirido o pacote de ingressos.

Para ajudar na missão de aproveitar a programação especial que só acontece uma vez por ano, o UOL conversou com pessoas que aproveitam o máximo o evento há mais de dez anos, além do crítico de cinema Chico Fireman.

Os veteranos de Mostra ouvidos pelo UOL tiram férias há mais de dez anos no período do evento e assistem a uma média de cinco filmes por dia. Com tantos anos de experiência, eles dão dicas de como se preparar fisicamente e como assistir aos melhores filmes seguindo dicas simples.

Chegue cedo
Quem compra o pacote da Mostra tem o privilégio de adquirir seus ingressos até quatro dias antes da sessão, mas uma porcentagem das entradas é vendida apenas na bilheteria do cinema, no dia da exibição. “Geralmente, a bilheteria do cinema abre uma hora antes da primeira sessão. Chegando cedo, é possível assistir até aos filmes mais concorridos”, diz Chico Fireman.

Aproveite os medalhões
Boa parte dos filmes já foi exibida no evento, mas é bom lembrar, diz Fireman, que os diretores mais famosos ficam para a reta final. Isso porque a Mostra exibe primeiro realizadores estreantes para que o público possa votar para o Troféu Bandeira Paulista e o júri dar o veredicto numa segunda etapa. Serão exibidos nos próximos dias os filmes de Amos Gitai, Wong Kar Wai, Hayao Miyazaki e Park Chan-Wook.

No último sábado, a Mostra divulgou os finalistas ao troféu Bandeira Paulista. São filmes de diretores estreantes que mais agradaram ao público nos primeiros dias de evento e ainda há sessões para a maioria deles nesta reta final.

Faça amigos
Os cinéfilos ouvidos pelo UOL garantem que é possível, sim, fazer amizades na fila do cinema.  Segundo Fireman, relacionar-se com outros fãs da Mostra é importante não só para aumentar o círculo de amigos, como para evitar ciladas ou incluir novos filmes na programação.

Vanda Serizawa, que frequenta a Mostra há mais de uma década, conta que faz a programação assim que os filmes são divulgados, mas conta com outros espectadores para fazer alterações. “Se muita gente está falando mal de um filme, eu considero tirá-lo da minha lista”, diz ela.

Fireman afirma que o mesmo vale para incluir filmes. “A Mostra também traz muito diretor estreante. Muitas vezes, é possível ter uma noção de um filme totalmente desconhecido a partir de comentários de outros espectadores”.

O assistente administrativo Jorge Gustavo Pina Rodrigues, que tira férias durante a mostra há mais de 10 anos, diz que é possível fazer amizades até dentro da sala de exibição. “Muitas vezes, o filme seguinte ao que você acabou de ver será exibido na mesma sala. Você já fica por lá e acaba conversando com quem está do lado. É sempre bom trocar ideias sobre os filmes”.

Desloque-se pouco
A Mostra exibe seus filmes em mais de 20 espaços diferentes espalhados pela cidade, mas se a intenção é ver muitos filmes em um dia só, o melhor é eleger salas próximas. O geólogo Amin Murad, que vem do Rio de Janeiro todos os anos para a maratona de filmes, não costuma sair do circuito Cinesesc, Livraria Cultura, Espaço Itaú Augusta e Frei Caneca, todos localizados na região da avenida Paulista. Jorge e Vanda adotam a mesma estratégia.  Ela ainda diz que costuma se deslocar para o Shopping Frei Caneca, o mais distante dos cinemas citados, apenas uma vez por dia. 

Prepare-se fisicamente
Decidir ver seis filmes por dia durante 15 dias é uma maratona não só para o cérebro, mas para o corpo também. Jorge diz que muitas vezes é necessário literalmente correr de uma sessão para outra. Nesse caso, é aconselhável o uso de tênis e roupas confortáveis. Vanda e Chico indicam o alongamento entre uma sessão e outra. Na maratona, é possível ficar mais de dez horas por dia sentado em poltronas de formatos nem sempre anatômicos.

É necessário ainda encontrar um tempo para comer. Como o tempo é geralmente curto, a dica dos veteranos é aproveitar a estrutura do próprio cinema, que ofereçam refeições leves e rápidas. Chico ainda sugere levar lanche na mochila. “Os cafés dos cinemas estão muito caros”, diz o crítico. Outra dica é sempre carregar uma garrafa de água. “Melhor aproveitar o tempo livre fazendo amigos do que ficar procurando bebedouro”, afirma. 

 
$!$render-component.split('/')[$math.sub($render-component.split('/').size(), 1)]

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.title}}

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 
Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Topo