Topo

Filmes e séries


Polanski apresenta em Cannes documentário sobre o ex-piloto Jackie Stewart

Jackie Stewart, lenda da Fórmula 1, em foto de 2011 - REUTERS/Giorgio Perottino
Jackie Stewart, lenda da Fórmula 1, em foto de 2011 Imagem: REUTERS/Giorgio Perottino

De Cannes (França)

21/05/2013 18h00

O diretor franco-polonês Roman Polanksi apresentou nesta terça-feira (21) em Cannes o documentário "Week-end de um Campeão", produzido em 1972, que conta como foram os quatro dias que antecederam a vitória do britânico Jackie Stewart no Grande Prêmio de Mônaco da temporada anterior.

Antes do Festival de Berlim, em fevereiro, a obra produzida pelo cineasta e dirigida por Frank Pavick nunca havia sido exibida no cinema. Recentemente, seus negativos foram encontrados por acaso em um laboratório britânico e restaurados.

O documentário mostra Jackie Stewart e Roman Polanski, amigos de juventude, desde a chegada ao hotel, até a prova, mostrando alguns segredos do mundo do automobilismo.

A câmera segue o piloto a caminho de uma das seis vitórias que conquistou em 1971, garantindo o segundo título mundial do "Escocês Voador". Não faltam imagens que mostram o nervosismo de Stewart antes da prova e até mesmo reflexões sobre sua permanência na Fórmula 1 e no automobilismo.

Passados 40 anos da gravação, a dupla de protagonistas se encontra no mesmo hotel para se lembrarem daquele fim de semana, conversar sobre a amizade que mantém e acrescentar à obra uma cena final.

"Não tinha ideia de que ia obter tanto sucesso e nem que uma vez alcançado, iria mantê-lo", afirmou Stewart.

Juntos, Stewart e Polanski relembram de um período em que praticamente não havia corrida sem acidente grave. O britânico perdeu nesta época cinco de seus melhores amigos nas pistas. Nem público e imprensa tinham proteções.

"Nos anos 60 e 70, o sexo era seguro e dirigir um destes carros era bem mais perigoso", garantiu Stewart.

Com "Week-end de um Campeão", Polanski completa a "trinca" no Festival de Cannes, com a apresentação de "La Vénus à la Fourrure", que ele dirige, e o documentário "Seduced and Abandoned", de James Toback, do qual o franco-polonês participa.