Topo

Filmes e séries

Cineasta Michael Glawogger morre de malária durante filmagens na África

Reprodução/IMDB
Cineasta austríaco Michael Glawogger Imagem: Reprodução/IMDB

Do UOL, em São Paulo

23/04/2014 09h29

O cineasta austríaco Michael Glawogger morreu na madrugada desta quarta-feira (23), na Libéria, enquanto filmava um documentário no país africano. Segundo a imprensa internacional, o diretor de 54 anos contraiu malária. Ele era mais conhecido por seus documentários que retratavam a pobreza.

Glawogger, cujo trabalho inclui "Workingman's Death", "Megacities", "Whores' Glory", trabalhava em um documentário ainda sem título. Ele iniciou o projeto em dezembro do ano passado e tinha a inteção de passar por vários países. Segundo ele, o filme faria um retrato do mundo como pode ser feito se a pessoa não segue nenhum tema, meta ou conceito pré-estabelecido". Ele queria ser apenas guiado por sua curiosidade e intuição.

"Com horror e grande consternação recebemos a notícia da morte repentina de Michal Glawogger", disse, em comunicado, a Associação de Cinema e Música da Áustria.

Seu último trabalho foi para a série de documentários "Cathedrals of Culture", que mostra as grandes obras arquitetônicas da história: o prédio da Filarmônica de Berlim, A Biblioteca Nacional de San Petersburg na Rússia, o Centre Georges Pompidou em Paris, o Salk Institute na Califórnia, além da Ópera de Oslo e a prisão Halden, ambos na Noruega. Cada um dos seis episódio foi assinado por um diretor, incluindo Robert Redford e Wim Wenders.